Quarta, 04 de fevereiro de 2015, 10h55

Tamanho do texto A- A+
Normas da Catequese na Paróquia - 2017

1 – A comunidade é responsável pela Catequese nas diferentes etapas.
2 – As etapas da Catequese ficarão distribuídas da seguinte forma:
a) 07 e 08 anos – Iniciação Cristã. Livros: Bem devagarinho e Crescer com Jesus.
b) 09 anos – Sementinha – Volume 1 – Crescer em Comunhão.
c) 10 anos – Pré-catequese – Volume 1 – Crescer em Comunhão.
d) 11 anos – Pré-Eucaristia – Volume 2 – Crescer em Comunhão.
e) 12 anos – Eucaristia – Volume 3 – Crescer em Comunhão.
f) 13 anos – Crisma (Iniciar) – Volume 4 – Crescer em Comunhão.
g) 14 anos – Crisma – Volume 5 – Crescer em Comunhão.

3 – Se o catequizando estiver entre 14 e 17 anos, porém, nunca participou da catequese deverá caminhar 01 ano e, de acordo com o andamento realizar os sacramentos.
4 – A preparação para a Crisma supõe que o catequizando já recebeu a Primeira Eucaristia e tenha idade mínima de 13 anos.
5 – A Catequese com adultos acima de 18 anos deverá ter a duração de 20 encontros (Trabalhar o livro: Crescer em Comunhão – Volume 5). Na medida do possível fazer a celebração dos sacramentos.
6 – Os casais amasiados ou casados somente no civil que desejam receber a Primeira Eucaristia ou Crisma, antes procurem realizar o Sacramento do Matrimônio.
7 – A veste para a Primeira Eucaristia é túnica branca e Crisma, camiseta branca a nível paroquial.
8 – As celebrações dos sacramentos: Primeira Eucaristia e Crisma, preferencialmente, deverão ser realizadas conforme calendário paroquial. Não é necessário decoração da igreja e nem tapetes. É essencial respeitar a LITURGIA do Dia.
9 – Cada núcleo poderá fazer um retiro, uma vigília ou um encontro por ano a fim de interagir as comunidades. Que os retiros sejam de 01 dia, em local adequado e agendados com a Coordenação Paroquial.
10 – É importantíssima a participação de todos os catequistas nos encontros de formação promovidos pela Paróquia. Ver Documento Sínodo – Página 33.
11 – Para ser catequista de Primeira Eucaristia e Crisma, o mesmo precisa ter recebido esses sacramentos. Participar dos encontros de formação, ter maturidade e compromisso suficiente para assumir essa etapa.
12 – Os Catequistas deverão seguir o material indicado pela Paróquia e serem criativos em seus encontros.
13 – O Coordenador da Catequese é o articulador em todas as etapas e representará a catequese no CPC.
14 – Implantar o Dízimo Mirim na catequese para todas as etapas sem estipular o valor a cada mês. Prestar contas a EAC e CPC, deixando claro que é para o trabalho na catequese.

Disse Jesus: “Vinde a mim todas as crianças por que delas é o Reino do Céu”. (Mt. 19,14).

Parabéns Catequista! Lembre-se: “Você é um líder espiritual!”.

COORDENAÇÃO PAROQUIAL DA CATEQUESE - 2017

Coordenadora: Lucila Patrícia Pinto Correa Costa (Comunidade São Domingos Sávio – Jardim dos Ipês).

A catequese é, em primeiro lugar, uma ação eclesial: a Igreja transmite a fé que ela Mesma vive, e o catequista é um porta-voz da comunidade e não de uma doutrina pessoal.  Ela transmite o tesouro da fé  que, uma vez recebido, vivido e crescido no coração do catequizando, enriquece a própria Igreja. Ela, ao transmitir a fé, gera filhos pela ação do Espírito Santo e os educa maternalmente. 

Fone: (65) 3661-3547 - Cuiabá-MT.

 

Por PascomNSAp

 

 

 

 

 

 

 

 

 



   
Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seçao: